Tema 08

MEIO AMBIENTE, MUDANÇAS CLIMÁTICAS E SUSTENTABILIDADE

As mudanças climáticas impactam nos recursos hídricos disponíveis, incluindo a garantia de serviços de água e esgotos para todos (ODS6).

Ocorrem alterações significativas do ciclo hidrológico, dos padrões de distribuição das precipitações, das vazões de escoamento dos rios, do reabastecimento e da qualidade da água subterrânea. Ocorrem também eventos extremos, como secas, enchentes, tempestades e derretimento de glaciares. As alterações decorrentes das mudanças climáticas aumentam assim os desafios a superar para garantir a disponibilidade e gestão sustentável da água e do esgoto para todos, tanto na vertente de qualidade, como na vertente de quantidade.

Neste tema, nas suas diversas sessões, é discutida com representantes de governos, pesquisadores, ONGs e empresários a efetiva adaptação dos sistemas de abastecimento de água e de coleta e tratamento dos esgotos às mudanças climáticas. As discussões focarão na adaptação e na resiliência aos riscos climáticos, na segurança hídrica e no acesso melhorado à água.

O tema será abordado segundo quatro ideias básicas, em cinco sessões ordinárias mais uma sessão plenária:

–              Relação entre o Meio Ambiente e a Segurança da Água;

–              Qual o efeito das Mudanças Climáticas sobre a Sustentabilidade dos Recursos Hídrico, em especial ao abastecimento de água;

–              As questões relacionadas com o gerenciamento dos resíduos sólidos na sustentabilidade do setor de água – plásticos e resíduos alimentares;

–              Diversificação dos recursos hídricos de maneira a assegurar a sustentabilidade: dessalinização e reuso, por exemplo.

Como questão transversal deverá ser considerado em cada ideia básica o aspecto regional.

TSG8_Foto_Brilliant_Petja

Brilliant Mareme Petja

Comissão Sul-Africana de Pesquisa em Água

Trabalha como gerente de Pesquisa em Mudanças Climáticas na Comissão Sul-Africana de Pesquisa em Água. É bacharel em Ciências Ambientais pela Universidade de Venda e mestre em Geociências (com especialização em Sensoriamento Remoto) pela Universidade de Witwatersrand, África do Sul. É doutor em Filosofia em SIG e Sensoriamento Remoto pela Universidade de Limpopo, África do Sul, e um treinamento de pós-graduação em Mitigação da Mudança Climática e Adaptação do Instituto Meteorológico e Hidrológico da Suécia. Sua área de experiência inclui aplicações de SIG e Sensoriamento Remoto em mudanças globais/climáticas), gestão de recursos naturais, desenvolvimento rural, saúde pública e epidemiologia. Anteriormente, trabalhou como cientista em sensoriamento remoto e pesquisador especialista do Setor Agropecuário.

TSG8 Carlos alberto Rosito - embaixador

Carlos Alberto Rosito

ABES

Embaixador do Evento

É engenheiro civil pela UFRGS, vice-presidente nacional da ABES, conselheiro sênior da GO Associados e da São Bernardo Previdência Privada. Integra ainda: Conselho de Competitividade da ABIMAQ; Conselho Diretor da ABES e Conselho Consultivo da ASFAMAS. Idealizador, embaixador e coordenador da programação técnica da Brazil Water Week.

TSG8_Foto_Renato_Giani_Ramos

Renato Giani Ramos

LATAM Hydranautics

Renato é diretor de vendas para a Hydranautics na América Latina, em São Paulo. A Hydranautics tem sede na Califórnia e é um dos líderes globais em fabricação e fornecimento de membranas estando presente nas maiores plantas de membranas do mundo. É engenheiro civil, formado pela Unicamp, com Mestrado em Engenharia Hidráulica e Saneamento pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, e também possui MBA pela Universidade de Pittsburgh. Durante seus 22 anos de experiência no Mercado de Águas, tem assumido funções de gerência e diretoria em diferentes multinacionais do setor. Foi professor universitário e tem estado diretamente envolvido na concepção e suporte às principais plantas com membranas na América Latina. Foi chairman do Congresso Mundial de Dessalinização e Reúso da IDA em 2017, foi vice-presidente e diretor da Associação Latino-Americana de Dessalinização e Reúso, moderador na Rio Water Week e coordena a Câmara Temática de Dessalinização e Reúso da ABES. Em 2018 foi moderador da sessão de Dessalinização e Reúso no Forúm Mundial da Água, em Brasília. É autor de vários artigos, tem dado entrevistas sobre o tema e auxiliado diversas organizações na busca da implementação da tecnologia para otimização do uso dos recursos hídricos.